Anthero Meirelles e Luiz Edson Feltrim deixam diretorias do BC

O Banco Central informou hoje que os diretores Anthero de Moraes Meirelles e Luiz Edson Feltrim deixarão seus cargos. Para a substituição, o presidente da autoridade monetária, Ilan Goldfajn, indicou dois servidores de carreira. Maurício Costa de Moura foi indicado para chefiar a diretoria de Administração, enquanto Paulo Sérgio Neves de Souza foi nomeado para a diretoria de Fiscalização.

Segundo comunicado do BC, Maurício Moura ocupa desde 2015 o cargo de chefe do gabinete do presidente. Paulo Souza ocupa desde agosto daquele ano a chefia do Departamento de Supervisão Bancária. Os nomes ainda serão analisados pelo Senado Federal.

O BC informa ainda que a saída dos atuais diretores foi a pedido. Anthero Meirelles deixará o cargo após dez anos na diretoria colegiada, onde ocupou as diretorias de Administração (2007 a 2011), Regulação (fevereiro a abril de 2015) e Fiscalização (2011 a 2017). Já Luiz Feltrim deixará o cargo após cinco anos na diretoria, tendo ocupado as chefias de Relacionamento Institucional e Cidadania (2012 a 2016) e de Administração (desde 2015), e após 43 anos de dedicação à autarquia.

“Em nome do Banco Central, o presidente Ilan Goldfajn agradece aos diretores Anthero Meirelles e Luiz Edson Feltrim pelos relevantes serviços prestados ao Banco Central e, especialmente, à diretoria colegiada”, diz a autoridade monetária em comunicado. (do Valor Econômico)

Comentários
Sem comentários ainda. Seja o primeiro.